Pesquisar

Isabelle Labanca

Comunicação Interna e o papel estratégico do RH

Por

28 de setembro de 2021

Com sólida experiência na área de pessoas ao longo de 14 anos de mercado, Isabelle Labanca é graduada em Psicologia com MBA em Gestão de Pessoas e em Gestão de Negócios, Personal & Professional Coaching – Certificação SBC e Analista Comportamental Extended DISC e DISC/Etalent, e lidera a área de RH do Urbano Vitalino Advogados.

Implementou a área de Recursos Humanos do escritório em 2012, respondendo pela gestão de equipes e indicadores, Isabelle elevou a organização ao prêmio Great Place to Work (GPTW), sendo em 2012 e 2013 uma das 15 melhores empresas para se trabalhar em Pernambuco, e em 2020 entre as 25 melhores.

Agência JavaliO mercado, de maneira geral, tem evoluído constantemente e ressignificado diversos papéis dentro das organizações. A área de Recursos Humanos, que antes cumpria uma função operacional com processos de recrutamento e seleção, além de outras tarefas administrativas e mais burocráticas, mudou muito ao longo dos anos. Como você avalia essa transformação? Qual é, atualmente, o papel do RH?

Isabelle Labanca: Com o decorrer dos anos, o RH precisou assumir uma função mais estratégica e voltada não apenas para recrutar talentos, mas proporcionar um ambiente em que as pessoas estejam motivadas, engajadas e felizes. Para isso, o trabalho de parceria com os líderes e colaboradores é fundamental: para identificar as necessidades de melhoria e as demandas dos times, é preciso estar perto das pessoas.

Construímos um modelo onde a principal perspectiva da equipe de gestão de pessoas é voltada para uma atuação como consultor interno – parceiro do negócio, com acréscimo de profissionais a equipe para que se especializassem nas principais áreas de atuação, tendo participação ativa no suporte a tomada de decisão junto aos gestores. Assim, estamos inseridos nas áreas, entendendo e interpretando o cenário existente para propor soluções e alinhar aos programas que estão sendo e precisam ser desenvolvidos. Esse papel articulador possibilita as lideranças a melhorar a comunicação com suas equipes, gerando confiança e engajamento.

Assim, além de procurar os candidatos que mais se identifiquem com os valores e cultura da organização, a área busca promover ações e projetos focados no clima e desenvolvimento de pessoas, que terão por consequência a permanência desses talentos e proporcionar um ambiente saudável e adequado a uma atmosfera de aprendizado e crescimento.

Agência JavaliComo os impactos da pandemia da Covid-19 contribuíram para essa reformulação?

Isabelle Labanca: A pandemia trouxe a necessidade de inovação e mudanças. Durante o tempo de home office, o setor precisou buscar outras maneiras de executar seus fluxos e de se fazer presente no dia a dia das pessoas. Em um momento de fragilidade como o que vivemos, foi necessário estar mais perto e despertar ainda mais para o cuidado com os nossos colaboradores. Para isso, desenvolvemos ações voltadas para conscientização acerca da saúde e bem estar das nossas equipes, capacitação das lideranças para um olhar mais voltado para as pessoas e repensamos fluxos com o intuito de flexibilizar os processos e facilitar a rotina de todos.

Agência Javali De que forma os profissionais de RH e a liderança da área podem contribuir para o fomento da cultura dos escritórios de advocacia?

Isabelle Labanca: Os líderes são os embaixadores da cultura organizacional, os principais responsáveis por compartilhar os nossos valores e jeito de ser. Através deles, as equipes identificam nossa missão e se planejam para que alcancemos os nossos objetivos de acordo com o que acreditamos e aonde queremos chegar. Por isso, o desenvolvimento dos líderes é fundamental para que eles estejam aptos não apenas para capacitar os times no que diz respeito às atividades, mas principalmente, para engajar e motivar os colaboradores de acordo com a nossa cultura. Além deles, os profissionais de RH são importantes para o trabalho de conscientização da cultura para os colaboradores, criando ações e projetos focados em sua disseminação.

Agência JavaliO Urbano Vitalino Advogados bateu, recentemente, a expressiva marca de mil colaboradores. Como o RH contribui para o processo de integração de todos os funcionários?

Isabelle Labanca: Desde o processo de seleção, buscamos acolher os candidatos para que eles compreendam o Jeito Urbano de ser e nosso funcionamento. Assim que o candidato é selecionado, compartilhamos com eles nossa missão, visão e valores, além de algumas dicas e orientações acerca do escritório. Além de fazer o acolhimento e dar todo o suporte necessário desde o momento da contratação, o RH sempre se coloca à disposição para o que for necessário, por diversos canais (e-mail, chat, WhatsApp, Extranet, telefone e presencialmente), além de realizar o treinamento formal de Integração com funções chaves, como nossas lideranças, que serão essenciais para promover um clima de maior integração entre os colaboradores no dia a dia.

Agência JavaliDiante desse alto número, como fazer com que os colaboradores estejam engajados com a marca do escritório e como garantir a motivação?

Isabelle Labanca: Entendemos que a motivação é resultado da união de vários fatores: a possibilidade de crescimento, o desenvolvimento constante, a abertura para novas ideias, o reconhecimento da dedicação de cada um, a celebração das conquistas, o trabalho em equipe, fácil acesso a liderança, a parceria e o clima de camaradagem. Temos investido em capacitação, tanto da liderança, quanto capacitações técnicas dos times com foco na melhoria da qualidade dos nossos advogados e, também, por meio de um programa específico para nossos estagiários. Desta forma, buscamos estimular cada um desses pontos para que nossos times se mantenham sempre engajados e alinhados com a nossa cultura.

Agência JavaliNesse sentido, quais são as principais ações e programas que o escritório tem implementado e quais foram os resultados obtidos até o momento?

Isabelle Labanca: Diante do contexto frágil e instável em que vivemos, desde 2020 sentimos a necessidade de desenvolver programas específicos voltados para a saúde e bem estar dos nossos colaboradores. Sabemos que, antes de colaboradores, cada um deles tem suas próprias demandas, dificuldades e necessidades, por isso olhamos para eles como seres completos. Lançamos programas como o Saúde em Foco (voltado para conscientização acerca de temáticas sobre saúde e bem estar), Influência Positiva (voltado pra as nossas lideranças com pílulas de conteúdo com dicas e orientações para facilitar a condução das equipes de uma forma mais inspiradora, estimulando as capacidades de cada colaborador), Urbano Reconhece (através desse programa, os colaboradores podem reconhecer uns aos outros de acordo com os nossos valores) e Trajetória Urbano (tem o objetivo de usar o depoimento de colaboradores que cresceram conosco para inspirar outros com suas histórias). Também temos programas de capacitação para nossos estagiários, nossas lideranças e uma plataforma onde disponibilizamos cursos online e gratuitos. Através destes e de outros programas implementados, podemos perceber uma equipe mais engajada, unida e inspirada, reconhecendo a importância do outro, focada nos objetivos e, consequentemente, demonstrando bons resultados e crescendo de forma contínua.

Agência Javali O Urbano Vitalino Advogados possui um forte DNA tecnológico. Como a tecnologia tem sido utilizada nas ações internas?

Isabelle Labanca: A inovação não está apenas em nosso DNA, mas é um dos nossos valores. Enquanto escritório, buscamos sempre aprimorar nossos processos e fluxos. Um exemplo disso é CAROL, nossa Inteligência Cognitiva, que é diariamente desenvolvida para oferecer as melhores soluções para facilitar o dia a dia das nossas equipes. Utilizamos de plataformas online para oferecer treinamentos, capacitações e webinares para os nossos colaboradores e para o público externo. Nosso Programa de Desenvolvimento de Liderança (PDL) e o Programa de Capacitação de Estagiários (PCE), por exemplo, acontecem de forma 100% virtual. Além deles, através do canal de comunicação interna (Extranet), disponibilizamos os cartões de reconhecimento do Urbano Reconhece, as fotos das nossas ações, a plataforma de cursos online, o canal aberto com o RH e com o Comitê de Ética e outras funcionalidades. Ainda, várias das ações desenvolvidas pela área de gente são divulgadas através do e-mail e executadas virtualmente, através de formulários ou plataformas online.

Agência Javali O escritório tem sido constantemente reconhecido como uma das melhores empresas para se trabalhar – certificado pelo Great Place To Work (GPTW). A que se deve essa conquista?

Isabelle Labanca: O que faz uma empresa ter linearidade na sua forma de relação com os colaboradores vai além das práticas, pois estas são passíveis de mudança. A base sólida é a cultura construída e a determinação em seguir as diretrizes estratégicas de gente e gestão: pessoas alinhadas com a cultura da empresa, pessoas capacitadas e desenvolvidas em suas funções, líderes de alta performance; preparados para assumir novos desafios e pessoas engajadas e satisfeitas com o escritório. Devemos também, a cada um dos nossos colaboradores, que, juntos, nos tornam um ótimo lugar para se trabalhar. Por 10 anos consecutivos, temos o orgulho de ser um GPTW e sabemos que essa conquista é conjunta, além de um reflexo do investimento, dedicação, cuidado e zelo do nosso time, que diariamente mostra seu comprometimento, qualidade e caminha junto para cumprir os desafios.

Agência JavaliVocê acredita que o trabalho com o público interno (oferecer um ambiente saudável e colaborativo, por exemplo), é um diferencial frente à concorrência? É um fator determinante para reter talentos?

Isabelle Labanca: Com certeza! Quanto mais trabalharmos nossa cultura para que ela seja mais saudável e positiva, mais conseguiremos fazer com que nossos colaboradores queiram estar conosco porque estão felizes aqui. Por isso temos investido cada vez mais em programas de saúde, bem estar e buscado ouvir e entender as pessoas. É preciso criar um clima de colaboração e segurança psicológica, onde os times sintam que são acolhidos, estimulados e podem crescer junto com o escritório.

Agência Javali Quais dicas você dá para que as bancas consigam estabelecer uma comunicação interna mais ativa e menos reativa, já que esse processo deve ser horizontal, ou seja, não basta somente comunicar?

Isabelle Labanca:

Precisa existir, antes de tudo, transparência na comunicação. Por natureza, os escritórios de advocacia possuem sua estrutura de governança mais vertical. É preciso pensar como as decisões oriundas do Conselho, sejam comunicadas de forma clara para todos.

No caso do Urbano Vitalino, temos resgatado o jornal interno “Comunicare”, que busca informar tudo que aconteceu no escritório, sejam ações, eventos, premiações, conquistas de clientes, mudança de endereço ou chegada de novos sócios. Além disso, utilizamos a ferramenta de e-mail marketing para comunicar diretrizes internas.

Todo esse trabalho deve ser alinhado com a área de gente, para que não haja um gap ou desalinhamento nas informações.

Dessa forma, utilizar ferramentas internas de comunicação, proximidade com as áreas de atuação, transparência das informações, fazer leitura de cenários com rapidez e alinhamento do que será informado são pontos essenciais para uma comunicação mais ativa.

 

Leia também: O que é endomarketing e como aplicá-lo na advocacia

Compartilhe

Newsletter

    Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma boa experiência de navegação e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.